quarta-feira, 22 de novembro de 2017

«Crime» - Roubava roupas na loja onde trabalhava para vender na internet

A GNR de Moimenta da Beira deteve uma mulher de 47 anos por estar a roubar peças de roupa numa loja.
A suspeita, contratada para decorar as montras e que tinha sido contatada em março, é acusada agora de ter furtado várias peças de roupa no valor de 8 600 euros que depois eram vendidas numa página da internet.
No âmbito do processo de investigação, os militares realizaram uma busca domiciliária, onde foram recuperadas e apreendidas vários artigos de vestuário furtados.
A detida tem antecedentes criminais por burla.
Ainda segundo a GNR, mas em Viseu, foi detido um homem de 69 anos por posse de armas ilegais.
A detenção ocorreu no âmbito de um processo de ameaça com arma de fogo que decorria desde agosto de 2017, culminando com a realização de uma busca domiciliária, onde foram apreendidas três espingardas de caça, um revólver, um bastão e ainda uma lata de gás pimenta e 112 munições.
Fonte: jornaldocentro.pt

terça-feira, 21 de novembro de 2017

«Desporto» - Jogos do CDR


«Divulgação» - Centro de Marcha e Corrida comemora no domingo dois anos com atividades desportivas gratuitas para toda a população

Abriu há dois anos com a preocupação de promover hábitos saudáveis de vida através da marcha e da corrida, com o adequado enquadramento técnico, um objetivo que tem vindo a alcançar dia a dia. Por isso, a comemoração dos dois primeiros anos do “Centro de Marcha e Corrida Terras do Demo”, em Moimenta da Beira, faz todo o sentido que se celebre. A data vai ser assinalada do próximo domingo de manhã, dia 26 de novembro, com uma caminhada (4 Km) e uma corrida (8 km) que incluem atividades desportivas gratuitas para toda a população.

O programa prevê a receção dos participantes às 9h45, no Pavilhão Municipal de Moimenta da Beira, e a saída desse local para a caminhada e corrida, com o apoio técnico, às 10h10. O arranque será precedido de exercícios adequados de aquecimento e alongamentos.

No caso das condições climatéricas não permitirem a realização das atividades ao ar livre, serão realizados exercícios de workout e reforço muscular, sempre com acompanhamento técnico, no Pavilhão Municipal.

As inscrições estão abertas até às 16h00 de sexta-feira, dia 24. Mais informações nos seguintes locais: Pavilhão, Piscina, Biblioteca, Balcão Único de Atendimento da Câmara Municipal. Ou para o e-mail: [desporto@cm-moimenta.pt]desporto@cm-moimenta.pt; ou ainda o contacto telefónico 935 520 110. Se efetuar a inscrição antes da data limite terá direito a uma oferta de um mês de frequência no ginásio, às 6ªs feiras.


domingo, 19 de novembro de 2017

«Desporto» - Resultados AF Viseu

Divisão de Honra

 Resultados:



Classificação:


Próxima Jornada:





1ª Divisão Zona Norte:

Resultados:



Classificação:




Próxima Jornada:



Fonte: ZeroZero

sábado, 18 de novembro de 2017

«Notícia» - Duas mulheres detidas em Moimenta da Beira por permanência ilegal no país

O Comando Territorial de Viseu, através do Núcleo de Investigação Criminal de Moimenta da Beira, deteve duas mulheres de 35 e 36 anos, por permanência ilegal em território nacional. 

As mulheres já tinham sido avisadas em abril deste ano para abandonarem voluntariamente o país, mas não o fizeram. A GNR acabou por detê-las e foram presentes no Tribunal Judicial de Moimenta da Beira.
Fonte: alivefm.pt

sexta-feira, 17 de novembro de 2017

«Notícia» - Família de etnia cigana batiza cinco filhos na aldeia de Ariz, Moimenta da Beira

Escolheram como padrinhos pessoas da aldeia e batizaram os filhos, cinco filhos, na igreja matriz local, no domingo passado, 12 de novembro.
Em Ariz, Moimenta da Beira, onde a família reside há cinco anos, foi dia de festa. A comunidade local diz estar “muito feliz por ter acolhido as cinco crianças e por sentir que todos estão perfeitamente integrados socialmente”.
O almoço celebrativo foi no Centro de Convívio e houve uma tradição cigana cumprida: um bolo oferecido a cada um dos padrinhos.
Os cinco irmãos que receberam o batismo, filhos de Amadeu e de Maria do Céu, são: Rosalinda dos Santos Francisco; Rodrigo Amadeu dos Santos Francisco; Vânia Taísa dos Santos Francisco; Luciana dos Santos Francisco; e Diego dos Santos Francisco.
Fonte: CMMB

quarta-feira, 15 de novembro de 2017

«Solidariedade» - Núcleo Desportivo e Cultural da AH BV Moimenta da Beira

No passado dia 4 de Novembro de 2017, o Núcleo Desportivo e Cultural dos B.V. de Moimenta da Beira deslocou-se a Oliveira de Frades, para levar bens de primeira necessidade,bens alimentares e alimentos para animais ( cerca de 200 fardos de feno, 2000 kg de batatas, 50 kg de cebolas, 30 kg de castanhas, 300 kg de rações, vestuário para pessoas de todas as idades).
Fonte: Facebook do Núcleo





segunda-feira, 13 de novembro de 2017

«Notícia» - Vila da Rua e Aldeia de Nacomba com abóboras vencedoras

Não eram muitas abóboras, mas os exemplares vencedores eram de se lhes tirar o chapéu. A abóbora mais pesada chegou aos 80 quilos; a maior media 210 centímetros de diâmetro; e a mais original ganhou por ser a… mais original de todas.
A edição sete do Concurso de Abóboras aconteceu sábado passado, 11 de novembro, Dia de S. Martinho (por isso houve magusto) e dia da Feirinha da Terra, no mercado municipal, em Moimenta da Beira.
A concurso havia exemplares de Soutosa, Moimenta da Beira, Vila da Rua, Peravelha, Leomil, Alvite e Aldeia de Nacomba. A abóbora mais pesada (80 Kg) chegou de uma quintinha de Francisco Oliva Teles, de Vila da Rua; a mais original da horta de Afonso Almeida, de Aldeia de Nacomba; e a de maior diâmetro (210 centímetros) da quinta de Isabel Canelas, de Vila da Rua. As três foram premiadas com vales de vinte euros para utilização na Feirinha da Terra. As restantes receberam um certificado de participação. E todas as que se apresentaram a concurso estão em exposição no átrio da Câmara Municipal de Moimenta da Beira.
Fonte: CMMB

domingo, 12 de novembro de 2017

«Desporto» - AF Viseu

Divisão de Honra
Resultados:



Classificação:



Próxima Jornada:





1ª Divisão Zona Norte
Resultados:




Classificação:


Próxima Jornada:




Fonte: ZeroZero.pt

sábado, 11 de novembro de 2017

«Notícia» - Cooperativa Agrícola do Távora vendeu até setembro 1,5 milhões de garrafas de espumante

Uma produção experimental de vinho espumante promovida em 2004 na Cooperativa Agrícola do Távora, em Moimenta da Beira, distrito de Viseu, transformou-se num projeto com 1,5 milhões de garrafas vendidas até setembro de 2017 .

Inseridas na Região Távora Varosa, as Caves Terras do Demo, que integram aquela cooperativa, superaram em 2016 os 10 milhões de euros de faturação.

O vice-presidente da cooperativa Nuno Silva falou no âmbito do Dia Europeu do Enoturismo, modalidade a que aquela vila do distrito de Viseu quer o mais depressa possível adaptar-se em nome de um crescimento sustentado.

"Em 2004, uma vez que estávamos a vender o vinho base de espumante para várias caves do país, sentimos a necessidade de fazer essa experiência e tentar aqui criar o nosso espumante", explicou o responsável das caves cujo nome homenageia a obra do escritor Aquilino Ribeiro.

Seis mil garrafas de espumante permaneceram então nove meses em cave antes de entrarem no mercado, onde "uma resposta muito positiva fez com que em dois meses se tivessem esgotado", recordou Nuno Silva.

No ano seguinte "passaram a ser 40 mil e o mercado continuava a pedir mais", pedidos a que a cooperativa deu sempre resposta, "crescendo de forma sustentada até atingir em 2017 o patamar de 1,5 milhões de garrafas", explicou.

"Quando a atual direção da cooperativa iniciou funções em 2013, a faturação era de cerca de 2 ME e em 2016 ultrapassou os 10 ME", congratulou-se Nuno Silva.

O investimento, segundo o vice-presidente, abrange "não só os vinhos como também a maça, num esforço que permite pagar melhor as uvas aos agricultores, passando de valores entre os 9 e 15 cêntimos em 2004 para acima dos 40 cêntimos no presente".

Com cerca de um milhão de garrafas nas caves, em janeiro de 2018 esse número chegará aos "1,5 milhões, abrangendo seis variedades", sendo a que "mais vende é o malvasia fina, seguido do rosé touriga nacional, verdelho, fraga da pena, o tinto touriga franca e o pata de lebre".

As vendas há muito que já superaram as fronteiras nacionais e saem para o Brasil, Angola, Peru, China, França, Suíça e Inglaterra, exportando entre 18 e 20% da produção.

E com um crescimento em 2017 de 50% até ao final de setembro, a cooperativa abrange vários concelhos: Moimenta da Beira e Sernancelhe, e ainda franjas de Tabuaço, Armamar, Tarouca, Meda e Penedono, num total de 700 hectares de vinha.

"No enoturismo, numa percentagem de zero a 10 estamos, no máximo, a 5", lamentou Nuno Silva, avançando ser "uma aposta a fazer no futuro em colaboração com a câmara de Moimenta da Beira e que pode passar por um museu".

O presidente da Câmara de Moimenta da Beira, José Eduardo Ferreira, confirmou a aposta para o edifício, anunciando que o projeto integra o Programa de Valorização Económica dos Recursos Endógenos (PROVERE).

"É necessário que se organize uma rede de visitação na região que permita trazer cá os turistas, sendo que já são aos milhares os que cá chegam ao longo do ano. Naquele edifício há condições, inclusive, para ser feito um museu vivo ou mais relacionado com o passado", observou.

E prosseguiu: "os valores disponíveis não são muitos, mas vamos esforçar-nos para o conseguir", acrescentou o autarca para quem a "aposta de sucesso dos últimos anos tem de manter-se"

Do espumante que nasce na região da Távora Varosa, José Eduardo Ferreira disse "não ser indiferente que se chame Terras do Demo", pois "está na melhor região de espumantes do país".
Fonte: DN.pt