quarta-feira, 28 de outubro de 2015

«Divulgação» - Cabaços na RDP Internacional

Esta quinta-feira, 29 de outubro, a freguesia de Cabaços, Moimenta da Beira, estará em destaque no programa “Aldeias de A a Z”, da RDP Internacional, às 11h40 (em directo) e às 20h40 (em diferido). A história e os encantos da povoação, as suas curiosidades, vão ser realçadas e sublinhadas com vigor pelo presidente da Junta de Freguesia, João Xavier, o entrevistado do programa, que poderá voltar ao concelho, percorrendo outras aldeias.
A entrevista deverá ser ouvida em: http://www.rtp.pt/play/direto/rdpinternacional

«Divulgação» - Peditório da Liga Portuguesa Contra o Cancro

A comissão local da Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC), com o apoio da Câmara Municipal de Moimenta da Beira, vai realizar o seu peditório concelhio nos dias 30 e 31 de Outubro e 1 e 2 de Novembro de 2015, tal como acontecerá no resto do país. O trabalho é voluntário e aberto a quem quiser participar. Os serviços de Acção Social do município (254 520 074) tratam das inscrições dos novos participantes e atribuem a caixa-mealheiro necessário para o respectivo peditório. 


A iniciativa visa cumprir os seus objectivos e são a garantia de continuidade dos diversos projectos, como: Apoio ao doente oncológico e familiares, Promoção da Educação para a Saúde do público, Rastreio do Cancro da Mama (através do Programa Nacional de Rastreio da LPCC), Cuidados Paliativos e/ou domiciliários, apoio psico-emocional, Investigação Científica e Formação de Profissionais de Saúde. 

"A solidariedade social para com os doentes com cancro e suas famílias é uma orientação estratégica prioritária da Liga Portuguesa Contra o Cancro. Seja também solidário e contribua para o Peditório Anual da Liga Portuguesa Contra o Cancro", apela Carlos de Oliveira, Presidente da LPCC.
A Liga Portuguesa Contra o Cancro é uma Associação Cultural e de Serviço Social, privada, declarada de utilidade pública, que promove a prevenção primária e secundária do cancro, o apoio social e a humanização da assistência ao doente oncológico e a formação e investigação em oncologia. O financiamento das suas actividades e programas tem como base o Peditório Nacional.

domingo, 25 de outubro de 2015

terça-feira, 20 de outubro de 2015

«Desporto» - Jogos CDR

  




«Divulgação» - Festival “Serranias – Sabores e Tradições”, em Soutosa

Em Soutosa, Moimenta da Beira, terras de Aquilino Ribeiro, realiza-se o primeiro festival “Serranias – Sabores e Tradições”, no fim-de-semana de 7 e 8 de novembro de 2015. É um evento de cultura multifacetada com recriações de tradições e costumes locais, matança do porco que dará almoço e jantar/ceia, passeio pedestre, magusto, um espaço cultural marcado pela apresentação de um livro, feira rural, animação, música, colóquios de interesse regional sobre a castanha e o mel, feirinha de produtos regionais, concurso de fotografia, etc.
A iniciativa realiza-se no Largo Aquilino Ribeiro, em frente à igreja local e em redor do busto em bronze do mestre, nas proximidades da Casa Museu – Biblioteca da Fundação Aquilino no Ribeiro, uma instituição de utilidade pública, sem fins lucrativos, que tem por missão a promoção e divulgação da obra do autor de “Quando os Lobos Uivam”, e ainda, como objectivo primordial, eternizar a memória do escritor contribuindo para a divulgação e promoção da sua obra e garantir um destino unitário aos bens culturais existentes, valorizando-os através da investigação, incorporação, inventário, documentação, conservação, interpretação, exposição e divulgação com objectivos científicos, educativos e lúdicos.
A organização do festival “Serranias – Sabores e Tradições” é da responsabilidade das Associações de Soutosa, Peva, S. Martinho e Segões, e conta com o apoio empenhado dos “Baldios Terras de Aquilino Ribeiro”, da União das Freguesias de Peva e Segões e da Câmara Municipal de Moimenta da Beira.
Programa
Sábado (7 de novembro)
10h00 – Matança do Porco
14h00 – Passeio Pedestre
18h00 – Abertura da Exposição / Concurso de Fotografia e Apresentação de livro
20h30 – Actuação da “orquestra CemNotas”

Domingo (8 de novembro)
10h00 – Conferências técnicas: Castanha e Mel
13h00 – Abertura oficial
17h00 – Actuação de “Ruizinho de Penacova”

segunda-feira, 19 de outubro de 2015

«Divulgação» - Mais pesada de Moimenta, maior de Vilar, mais original de Nacomba.

A maior, apanhada na quinta agrícola de Fernando Manuel, na freguesia de Vilar, media 2,06 metros de diâmetro. A mais pesada, com 66 quilos, cresceu numa hora de Fernando Martins, em Moimenta da Beira. E a mais original veio de Aldeia de Nacomba, da quinta de Rosália Almeida. Foram os três exemplares vencedores do V Concurso de Abóboras organizado pela autarquia no sábado passado, 17 de outubro, durante a Feirinha da Terra, no Mercado Municipal de Moimenta da Beira.
Os três distinguidos ganharam, cada um, um vale de compras de 20 euros, dinheiro que terá de ser gasto na aquisição de produtos à venda na Feirinha da Terra, evento que se realiza desde 26 de março de 2011, aos sábados de manhã, de 15 em 15 dias, e que costuma juntar mais de duas dezenas de pequenos produtores do concelho, que ali vendem o que melhor produzem as suas hortas e hortinhas e quintas familiares.
Ao todo competiam 16 abóboras colhidas em terrenos agrícolas de seis freguesias do concelho de Moimenta da Beira: Vila da Rua, Peravelha, Soutosa, Aldeia de Nacomba, Moimenta da Beira e Vilar.
Como sempre, durante o evento, houve animação musical por um grupo de concertinas.

sábado, 17 de outubro de 2015

«Região» - Furta esmolas com fita-cola

Com apenas uma fita métrica e fita-cola, um homem de 62 anos é suspeito de roubar as notas que caíam nas caixas de esmolas em algumas capelas do Norte e Centro do País. Foi apanhado em flagrante pela GNR de Penedono, na quarta-feira passada, quando furtava as notas numa caixa do Santuário de Santa Eufemia – já tinha em sua posse 30 euros. 
Segundo o CM apurou, o suspeito, natural de Vila Nova de Gaia, e já com antecedentes criminais, devido ao mesmo crime, "entrava nos templos religiosos com velas e aparentava ser muito crente". Na quarta-feira, após vários dias de vigilância, foi apanhado por investigadores da GNR, que lhe deram ordem de detenção. Além dos 30 euros que furtou da caixa em Penedono, o homem tinha ainda mais 355 euros, mas a GNR não conseguiu provas que relacionassem este dinheiro com a prática criminosa. O homem é suspeito de ter feito a mesma coisa no Santuário de Fátima, usando o mesmo método. 
O assaltante, que se fazia passar por um homem de fé, foi presente a um juiz de Moimenta da Beira e libertado.

segunda-feira, 12 de outubro de 2015

«Divulgação» - Sábado, concurso de abóboras no Mercado Municipal

É um desafio que vale prémios. O concurso distingue três categorias de abóboras: a maior, a mais pesada e a mais original, provenientes de terrenos agrícolas do município de Moimenta da Beira. Realiza-se no sábado de manhã, 17 de outubro, dia da Feirinha da Terra, no Mercado Municipal da vila, sede de concelho, pela quinta vez consecutiva.
O primeiro classificado, de cada uma das três categorias, é premiado com um vale de compras de 20 euros, dinheiro que tem de ser gasto na aquisição de produtos à venda na Feirinha da Terra, evento que se realiza desde 26 de março de 2011, aos sábados de manhã, de 15 em 15 dias, e que costuma juntar mais de duas dezenas de pequenos produtores do concelho, que ali vendem o que melhor produzem as suas hortas e hortinhas e quintas familiares.
Como quase sempre, durante a iniciativa, há sempre animação musical com grupos de concertinas que entusiasmam os presentes.
Em Portugal, a abóbora tem vindo a conquistar os hábitos alimentares, após a ideia antiga de se tratar de uma cultura secundária destinada à alimentação animal. É agora utilizada sobretudo na confeção de doces e de sopas. 74% da produção nacional concentra-se na região Oeste, e cerca de 60% da que se produz no território nacional é exportada principalmente para Inglaterra, França e Alemanha.
Mais informações podem ser obtidas na Biblioteca Municipal Aquilino Ribeiro (254 520 080) ou através do e-mail posto-turismo@cm-moimenta.pt.

«Divulgação» - Novos horários das atividades físicas no pavilhão

De manhã à noite, todos os dias (menos aos domingos), o pavilhão municipal de Moimenta da Beira abre as portas à população e disponibiliza um conjunto de actividades físicas sempre com o apoio e o acompanhamento dos técnicos de desporto. As inscrições estão abertas e os novos horários acabam de ser afixados.



domingo, 11 de outubro de 2015

«Desporto» - Resultados AF Viseu

3ª Jornada AF Viseu:


Classificação:



Próxima Jornada:

(Clique nas imagens para ampliar)

Fonte: ZeroZero.pt

sexta-feira, 9 de outubro de 2015

«Divulgação» - Vinhos da Expodemo na capa da revista “Evasões” do DN e JN

Cinco vinhos e dois espumantes que estiveram presentes na “prova de vinhos” da Expodemo nos dias 25, 26 e 27 de setembro, em Moimenta da Beira, merecem destaque na edição de hoje, sexta-feira, 9 de outubro, da revista “Evasões” (pág. 43), que saiu em simultâneo com o DN e o JN. Na capa há também um título ao conteúdo da página interior: “Vinhos – Seleção das Terras do Demo”.
O texto, que classifica os cinco vinhos (Quinta dos Monteirinhos, Terras do Demo, Decisão, Quinta da Carregosa e h’Our) e os dois espumantes (Terras do Demo e Raposeira), tem a assinatura de Fernando Melo, crítico renomado, do melhor que temos na apreciação de néctares.
A prova da Expodemo juntou 19 marcas das regiões Távora-Varosa, Dão e Douro. A iniciativa pode ter dado também o primeiro passo para a criação de um “Clube de Vinhos” daquelas três regiões. O repto foi lançado e tem pernas para andar.
A notícia está ainda no blog “Omnívoros / Gostamos de tudo - Como se não fosse possível gostar de tudo o que é bom”:
http://gostamosdetudo.blogspot.pt/2015/10/em-terra-de-macas.html

(clique na imagem para ampliar)

quinta-feira, 8 de outubro de 2015

«Divulgação» - Concerto das Vindimas na igreja de Vila da Rua

Música erudita na igreja matriz de Vila da Rua, Moimenta da Beira. Mas não só. No Concerto das Vindimas, dia 18 de outubro (um domingo) a partir das 17h30, vai também ouvir-se tango, jazz e música brasileira do tipo samba/bossa nova. A entrada é livre. 

A interpretação, que durará cerca de uma hora, é do quarteto de cordas “Oblivion”, que surgiu em 2003 no seio académico da Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo (ESMAE), e deu os seus primeiros concertos em Coimbra e no Porto. Luís Almeida (violino), Gonçalo Melo (violino), Luís Silva (viola de arco) e João Brito (violoncelo) são os quatro músicos que formam os “Oblivion”.  

O programa do concerto inclui músicas de Haendel (Arrival of the queen of sheba e Largo ‘from Xerxes’); António Carlos Jobim (Wave, Chega de saudade e Eu sei que vou te amar); Piazolla (Libentango e Oblivion); Massenet (Meditation ‘from Thais’); Scott Joplin (Pleasant Moments); Dvorak (2o and. Sinfonia do novo mundo); Bach (Aria on G string); Andrew Lloyd Webber (All I ask of you) e de um anónimo, com arranjos de Luís Almeida (Rustboro City).
Fonte: Local.pt

«Notícia» - Detenção por tráfico de estupefacientes

Militares do Núcleo de Investigação Criminal de Moimenta da Beira detiveram no dia 05 de outubro, no âmbito de um processo de investigação por tráfico de estupefacientes, um indivíduo, de 48 anos, por suspeita do crime de tráfico de estupefacientes. 

A detenção ocorreu na sequência de várias diligências de investigação que culminaram com a detenção de um suspeito e com a apreensão de 400 doses de haxixe, um telemóvel, 400 euros e um canivete com vestígios de haxixe. O suspeito ficou em prisão preventiva.
Fonte: GNR.pt

segunda-feira, 5 de outubro de 2015

«Notícia» - Legislativas 2015

A coligação Portugal à Frente (PSD-CDS) foi a vencedora das legislativas 2015 no concelho de Moimenta da Beira.

Nota para a elevada abstenção no nosso concelho, 57,05%

Resultados:
Fonte: Sic.pt

«Desporto» - CDR vence a Supertaça AF Viseu 2014



CDR venceu no passado Sábado o jogo, que estava em atraso da época passada, refernte à Supertaça AF Viseu 2014.


Resumo e festejos aqui:

video



Fonte: SportViseu


sexta-feira, 2 de outubro de 2015

«Divulgação» - Paradinha, sábado na RTP1, às 20h45

Há 40 anos, a RTP andou em Paradinha, Moimenta da Beira, e ouviu as gentes da aldeia sobre uma diversidade de temas e inquietações, como o divórcio. O trabalho resultou num documentário que seria emitido ainda naquele ano de 1975. Quatro décadas depois, a RTP voltou a Paradinha e encontrou algumas das pessoas entrevistadas. Ester, Antónia e Celeste voltaram a falar e a reviver. Da conversa, renasce novo programa, cheio de emoções. O documentário, feito agora, que junta também testemunhos de gente que morava em Lisboa, será emitido no próximo sábado, 3 de outubro, às 20h45, no programa “Linha da Frente”, da RTP1. Deram-lhe o nome “Quando amor acaba”, uma reportagem da jornalista Sandra Vindeirinho, com imagem de Rui Cardoso, edição de Pedro Pessoa, grafismo de Regina Freire, pesquisa de Rita Rodrigues, produção de Cristina Godinho e coordenação de Mafalda Gameiro.
Fica aqui um resumo (Sinopse): “Helena e Luís viviam na mesma casa, mas há muito tempo que não eram um casal. Na conservatória do Registo Civil de Lisboa, divorciaram-se em apenas 10 minutos.
Armando esperou 20 anos para voltar a dar o nó com Vitorina, a segunda mulher. No Estado Novo, quem casava pela igreja não se podia divorciar. Era o caso de Armando e de milhares de pessoas. Em Lisboa, fundou o Movimento Nacional Pró-Divórcio e ajudou a mudar a lei logo a seguir ao 25 de Abril.
Nesses tempos, longe da cidade, numa pequena aldeia do distrito de Viseu (Paradinha, Moimenta da Beira), Ester vivia com ideias muito avançadas para a época. 40 anos depois, a RTP reencontrou esta mulher que sempre defendeu o direito ao divórcio.
O que mudou na vida destas pessoas?
De país que proibiu a líder europeu, como chegou Portugal a 23 mil divórcios por ano?
Na busca de explicações para o presente, o "Linha da Frente" viaja esta semana 105 anos no tempo, altura em que foi aprovada a primeira lei do divórcio em Portugal.
Fonte: CMMB

quinta-feira, 1 de outubro de 2015

«Divulgação» - Feira de S. Francisco no sábado e domingo

É uma das feiras mais genuínas da região , que preserva ainda uma secular tradição gastronómica: a dos “rojões à beirã”, mais conhecida aqui pela “marrã”. A Feira de S. Francisco, que se realiza este sábado e domingo, 3 e 4 de outubro, terá lugar no cruzamento de S. Francisco, perto do convento homónimo, na confluência das estradas nacionais 226 e 323, em terrenos da freguesia dos Arcozelos, Moimenta da Beira.
O certame marca, desde tempos imemoriais, o fim das colheitas, e é retratado com detalhe na obra de Aquilino Ribeiro. O mestre descreve a feira e os seus rituais pagãos em “Cinco Reis de Gente” e “Via Sinuosa”, dois dos seus romances quase autobiográficos.
No espaço da feira haverá, durante os dois dias, animação com grupos de acordeões e concertinas.
A não perder!