quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

«Distrito» - Viseu vai ter cinco novos quartéis de bombeiros

Viseu, Nelas, Campia (Vouzela), Cabanas de Viriato (Carregal do Sal) e Resende são as cinco corporações de bombeiros voluntários que esta sexta-feira vão assinar contratos no Ministério da Administração Interna, que permite às corporações satisfazer um venho desejo: ter um novo quartel. Os quatro primeiros serão construídos de raiz, já o de Resende será alvo de uma remodelação profunda do actual equipamento.

O investimento ultrapassa os quatro milhões de euros e vai abranger um universo de 500 bombeiros. Com este contrato assinado, cada obra terá uma comparticipação de 70 por cento do Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN) sendo os restantes 30 por cento da responsabilidade do promotor. No caso do quartel dos Bombeiros Voluntários de Viseu estão já assegurados pela Câmara Municipal.

Os novos quartéis que começarão a ser construídos logo em Janeiro de 2010 são velhas reivindicações das corporações, mas que ao longo de anos foram sendo adiados. A corporação de Campia é um desses exemplos. O corpo activo está instalado provisoriamente em instalações cedidas pela junta de freguesia há 25 anos. Trata-se de uma secção destacada da corporação de Vouzela classificada de particular importância por estar junto à Serra do Caramulo e ser o quartel mais próximo da A25. "Foi prometido por diversos governos e, para além de uma aspiração da corporação, é para toda a população da zona. Foi sempre quem mais serviu o velho IP5", acrescenta o presidente dos Bombeiros Voluntários de Vouzela, Carlos Rolo.

Em Viseu confirma-se a informação avançada há duas semanas pelo presidente da corporação de voluntários. A primeira pedra no novo quartel a construir em Travassós de Baixo vai ser lançada no início de Janeiro.

O anúncio da construção de cinco novos quartéis de bombeiros do distrito é para o Governador Civil de Viseu, Miguel Ginestal uma "excelente" prenda de Natal e adianta que para quem conhece as condições de trabalho das cinco corporações está a ser feita "justiça". Com esta decisão Miguel Ginestal admite ter entrado "com o pé direito na protecção civil" de Viseu. O novo Governador reuniu na sexta-feira, dia 11 com todos os comandantes do distrito para se inteirar do trabalho que tem vindo a ser desenvolvido e fazer um balanço de 2009.
Fonte:JornaldoCentro

É caso para se perguntar: E a nossa Vila?

3 comentários:

Hugo "Viana" 99 disse...

Pelos vistos para o nosso concelho ainda não é desta.

Espero que daqui a uns tempos (curtos) apareça uma notícia deste género com o nome de MOIMENTA DA BEIRA.

Abraço a todos

manjerico disse...

Como somos pobresinhos!!!!
Pelos vistos assim continuaremos,não é??

Será que não merecemos???

Enfim,continuamos "sem pulso"para puxar as coisas para o nosso Concelho.

Saudações e bom Ano 2010.
J.A.

Skóskiie disse...

andam todos a dormir.