segunda-feira, 29 de março de 2010

«Últimas» - Helicóptero do INEM deverá chegar em Abril

O helicóptero do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) que estava previsto para Aguiar da Beira deverá começar já a voar a partir de Abril. A autarquia está neste momento a concluir as obras no heliporto local, uma vez que quando o helicóptero chegar será encerrado o actual serviço de atendimento permanente (SAP).
O helicóptero que agora chega a Aguiar da beira, no seguimento de um concurso do INEM, vai possuir valências de suporte avançado de vida (SAV) e será equipado com médicos que irão operar uma viatura médica de emergência e reanimação (VMER) que ficará estacionada na mesma base do helicóptero. A chegada do helicóptero põem fim a um longo processo sendo que este já deveria estar a funcionar desde 2009, ano em que foi lançado o primeiro concurso público do INEM. Fonte: bvnpaiva

5 comentários:

Hugo "Viana" 99 disse...

Boas,

É uma boa notícia.
Apesar de não estar em Moimenta fica muito próximo (quando comparada com a distância do Heli do Hospital Pedro Hispano (Porto)) o que vai permitir uma assistência mais rápida a situações graves que ocorram no nosso concelho.

Só uma pergunta, a nossa SUB vai estar equipada com um heliporto?

Cumprimentos.

Hugo Santos

Pinto disse...

Só uma pergunta, a nossa SUB vai estar equipada com um heliporto?

Claro que não!
Para não variar esqueceram-se disso.
Acho que vai começar a aterrar no terreno dos ciganos de toitam.

fv disse...

Então não é que Moimenta deixou de estar no mapa!!!!!

MEUS SENHORES,AINDA SONHO COM O DIA EM QUE AS COISAS IRÃO MUDAR.

MAS É CLARO:
É UM SONHO,E OS SONHOS DEMORAM MUITO A SER REALIDADE,OU ENTÃO NUNCA SE CONCRETIZAM.

Passem bem e pensem

AMP disse...

Aguiar da Beira, Macedo de Cavaleiros e Ourique tinham sido escolhidos para receber os "helis" mas o INEM garante que "os locais não estão ainda fechados".

Hugo "Viana" 99 disse...

Boa Noite,

Ao almoço ouvi a mesma notícia na TVI,
"Os helicópteros já estão comprados mas não há pessoal disponível para os tripular".
"Há helicópteros mas a localização das bases ainda não está decidida"

Ainda há esperança de que venha para Moimenta, digo eu.

Vamos lá, o executivo que tente “mexer umas palhinhas” para ver se temos "sorte".
"Quem tem boca vai a Roma".

A SUB não é motivo suficiente para "ter" o helicóptero?
Vamos lá ver.

Abraço

Hugo Santos